terça-feira, 24 de abril de 2012

Poeira do Caos


Muda o vento
E muda a vida
Direção oposta
E você corre contra
Muda o tempo
E isso é possível
O frio imprevisível
Vem devagar
Vem com a mudança do vento
Ventila a cabeça
Bagunça todo o espaço
Coloca no centro
A poeira do caos
Explode
E outra coisa nasce
Outro você
É só mudar o vento.

Um comentário:

  1. Muito linda essa poesia que você fez ao meu lado na sala, durante a aula de Medieval. =)
    E para postar no teu blog no dia do teu aniversário!
    Eu quero te desejar por aqui um ótimo dia. Saiba que eu quero te fazer feliz todos os dias da tua vida. E hoje mais especialmente ainda!
    Amo você!

    ResponderExcluir