quarta-feira, 21 de março de 2012


As verdades foram inventadas
Por aqueles que fizeram o mundo
Pintadas no mesmo quadro
Mudando, volta e meia, a moldura
Vice e versa
E o verso deixa de ser
E se transforma em oposto
No contrário do contrário
E há quem diga que quem escreve
Foi quem realmente criou
E foi dito, assim foi feito
E a luz ressurgiu
E o déspota esclareceu
A lâmpada que não iluminou
Foi a mesma ideia
Da mesma revolução
Que estourou por um meio
Com o fim necessários
Pra se produzir a humanidade
As mentiras da arte
O verso do oposto
O vice do contrário
Da contradição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário