quinta-feira, 8 de março de 2012


Só para fazer sentido
Nada mais foi dito
Eu nego e não morro por isso
Há muita luz
E mais calor do que eu consigo suportar
Tudo o que há de mais concreto
Fica abstrato quando se tenta definir
Tudo que há de mais sagrado
Passa a ser pecado
E todo mundo peca e pede perdão


Acho os dias mais bonitos, quando o horário não é de verão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário